Anjo

Meu anjo!
Minha inocente pura criatura!
Esses teus olhos…que miram ao fundo o infinito,
Esses olhos de mel, que transparecem a doçura que carregas.

Ama-me!
Adora-me!
O teu beijo quer-se meigo,e o teu toque esse enlouquece.
Toma-me!
Toma-me nesses teus braços e toca-me!
Quero sentir a tua pele banhada pelo sol… a tua força…a tua vontade!
Que lábios são os meus para te beijar?
Que mãos são as minhas para te tocar?

Rasga-me! Pisa-me! Destrói-me!
Não sou digna de te possuir.
Enxota-me do teu presente,
antes que te queira o futuro.
Antes que te tome como objeto e não largue…
Para teu bem,vou-me amarrar num sitio bem longe de ti, para não te voltar a perseguir…
Para não te voltar a querer…

Advertisements